in

Idoso fica 191 dias internado, mas ao receber alta é informado que possui dívida milionária

A dívida do idoso com o hospital é calcula em cerca de R$ 2,6 milhões; família se desespera como valor.

REPRODUÇÃO/G1

Carlos Higa, de 72 anos,  passou 191 dias internado no Hospital São Camilo, localizado na Zona Norte de São Paulo. Infelizmente o idoso foi acometido pela Covid-19 e teve que ficar internado para se salvar. Nesta última segunda-feira (4), o hospital concedeu alta a Carlos, contudo, após se curar da doença o idoso foi surpreendido com uma dívida milionária que foi contraída com o seu tratamento.

Publicidade

Em entrevista concedida ao G1 a família de Carlos contou que está se sentindo bastante feliz e aliviada pela alta do idoso, contudo, também está desesperada, pois não possuem o dinheiro para arcar com a dívida de R$ 2,6 milhões. Julyana Higa, filha do idoso, declarou que está bastante aliviada, mas ainda não sabe onde irá arrumar tanto dinheiro para pagar o tratamento de seu pai.

De acordo com a filha todas as economias da família já foram utilizadas com pai e apesar de Carlos ter recebido alta, o idoso ficou com algumas sequelas da doença, como, por exemplo, dificuldade em falar.

Publicidade

Carlos precisará fazer tratamento com algum fonoaudiólogo, pois devido ao grande tempo intubado sua fala ficou comprometida, outra sequela do idoso se manifestou em suas pernas e Carlos também terá que realizar um acompanhamento com um fisioterapeuta.

Publicidade

Devido aos grandes custos que esses tratamentos podem acarretar, a família do idoso tenta os consegui-los pela rede pública. Julyana afirmou que até tentou transferir o idoso para um hospital público, contudo, não havia vagas, pois Carlos ficou doente na época em que houve um grande número de internações devido à variante de Manaus. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade