in

Ginecologista suspeito de abusos tirava foto das genitálias das pacientes, diz delegada

Profissional de saúde foi preso no dia 29 de setembro e solto nesta segunda-feira (4).

Divulgação Polícia Civil / Reprodução TV Anhaguera

O ginecologista Nicodemos Júnior Estanislau Morais, de 41 anos, foi preso pela Polícia Civil de Goiás no dia 29 de setembro. A suspeita que recai sobre ele é de crimes sexuais praticados contra pacientes que atendia em seu consultório em Anápolis.

Publicidade

Nesta segunda-feira (4), o médico foi solto pela Justiça. Ele responderá em liberdade, mas não poderá atuar na área, sair da cidade e usará tornozeleira eletrônica. A defesa de Nicodemos nega as acusações e diz que o cliente é inocente.

A delegada responsável pelo inquérito é Isabella Joy. Ela afirmou que há vários relatos de vítimas contra o médico. “Nós temos relatos de várias vítimas de que ele tirou fotos dos órgãos genitais dessas vítimas”, disse a delegada.

Publicidade

Segundo as vítimas, Nicodemos tirava foto das pacientes para mostrar para elas. As mulheres pediam que ele apagasse as imagens depois, mas não se tem certeza de que ele fazia isso. No dia 29, o médico atendia pacientes quando foi preso pela polícia.

Publicidade

Mais de 50 mulheres entraram em contato com a polícia

Nos dias seguintes à prisão do ginecologista, mais de 50 mulheres entraram em contato com a delegacia denunciando o profissional. A delegada Isabella Joy contou que recolheu depoimento de 48 supostas vítimas de Nicodemos Júnior. 

Publicidade

O conselho de medicina do estado vai investigar a postura do médico para tomar providências cabíveis, caso seja necessário. Antes de Goiás, Nicodemos havia atendido em outros estados, como no Paraná, onde também chegou a ser denunciado por uma paciente. O caso foi arquivado.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!