in

Ciro Gomes faz proposta inimaginável ao PT para derrubar a ‘víbora venenosa’ Jair Bolsonaro

Com um passado de atritos, Ciro não vê outra alternativa se não realizar uma proposta inesperada ao PT.

Reprodução/Facebook/UOL/Partido dos Trabalhadores

No último domingo (3), Ciro Gomes, pré-candidato do PDT à Presidência da República, fez uma proposta de trégua para o Partido dos Trabalhadores, a fim de unir forças para fazer oposição a Jair Bolsonaro.

Publicidade

A proposta veio após Ciro ser recebido com rispidez por militantes do PT nas últimas manifestações contra o presidente, ocorridas em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Segundo o pedetista, este não é o momento adequado para dar valor ao ocorrido durante os protestos, o que também não significa esquecer o que houve, mas sim ignorar o que classificou como “bobagenzinhas”, se referindo às vaias e aos ataques que recebeu dos militantes petistas durante as manifestações.

Publicidade

Ciro ressaltou ainda que suas divergências com o PT são cada dia mais profundas, porém, neste momento, está propondo uma trégua de Natal, em referência a guerras ocorridas mundo afora, onde os oponentes cessam o fogo no período de Natal. “Quando o assunto for Bolsonaro e impeachment, a gente deve esquecer tudo e convergir para esse consenso, que já não é fácil”, afirmou.

Publicidade

O pré-candidato pedetista ainda caracterizou a trégua proposta com um apelo a um momento de respiro. Na ocasião, ele ainda classificou Jair Bolsonaro como uma víbora venenosa que vai esperar o momento certo de dar o bote e afirmou que o mesmo já teria anunciado que não serão realizadas as eleições caso as regras não estejam de acordo com o gosto dele.

Publicidade

As divergências entre os simpatizantes petistas e Ciro Gomes parecem ter se acirrado após as eleições de 2018, que culminou na vitória de Jair Bolsonaro. À época, a esquerda brasileira se viu dividida entre Ciro e Fernando Haddad, fortalecendo ainda mais uma rixa já existente.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.