in

‘O resto da minha vida sem o meu filho’: 500 dias da morte do menino Miguel e o caso ainda segue na justiça

Mirtes, a mãe do menino Miguel, contou sobre o andamento do caso de seu filho e como está sua vida após a morte de Miguel

Foto: Leo Caldas/ Agência O Globo

Mirtes Renata Santana de Sousa, mãe do menino Miguel, de 5 anos, que caiu do 9° andar de um edifício de luxo luta por justiça pela morte de seu filho até hoje. O acidente aconteceu no dia 2 de junho de 2020, enquanto o menino estava sob os cuidados da patroa de Mirtes, Sarí Cortez Real.

Publicidade

Sarí Cortez foi acusada por abandonar Miguel no elevador do prédio e está respondendo por abandono de incapaz, com agravantes de cometimento contra a criança que resultou na morte do menino Miguel. Ela está aguardando o julgamento em liberdade, mas caso ela seja condenada a pena pode chegar até 12 anos de prisão.

Mirtes concedeu uma entrevista a equipe do Extra e disse que aconteceu falhas na condução da disputa judicial e atrasos no depoimento de algumas testemunhas.

Publicidade

Porém, a mãe do menino Miguel, prometeu que não vai desistir de fazer justiça pelo seu filho e afirmou: “Eu vou mover céus e terras para que o caso dele não seja esquecido e histórias assim não se repitam”.

Publicidade

Mirtes contou que sua vida mudou bastante e que, infelizmente, ela tinha muitos planos com seu filho que não serão concretizados. Contudo, a mãe de Miguel disse que ganhou uma bolsa de estudos e que está cursando direito, e já está no segundo período. Ela afirmou que pretende se especializar em direito penal para entender melhor o caso de Miguel.

Publicidade

Ela ainda disse que tinha o sonho de cursar uma faculdade, mas que nunca teve condições e que agora que ela está realizando esse sonho, ela pretende lutar pela memória de Miguel e também ajudar pessoas que necessitam de instrução e que não tem condições.

Durante a entrevista, Mirtes ainda afirmou que o judiciário brasileiro é classista e racista e que se a situação fosse inversa, ela estaria presa, pois não teria como arcar com a fiança de R$ 20 mil.

A mãe do menino Miguel disse que sente muita saudade de seu filho e que sua vida nunca será mais a mesma sem ele. Mirtes estava usando uma camiseta com a frase “o resto da minha vida sem o meu filho”, expondo a dor de uma mãe que perdeu seu filho de uma forma trágica e brutal.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Henrique Furtado

Henrique Furtado é um redator com vasta experiência no jornalismo online. Solidificou sua carreira com coberturas marcantes sobre os principais acontecimentos no Brasil e no mundo ao longo da última década. Suas especialidades englobam desde os bastidores da política, versando por esportes, atualidades e, claro, tudo o que acontece no mundo dos famosos. Está sempre ligado para entregar, em primeira mão, as últimas novidades para os seus leitores, 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

Contato: henriquefurtado.jornalista@gmail.com