in

Pastel com formato curioso chama a atenção de fregueses e as vendas do quiosque responsável triplicam

Comerciantes da cidade de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, criaram o pastel para chamar atenção.

FOTO: HELOÍSA CASONATO/G1

Um casal proprietário de um quiosque na cidade de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, chamou a atenção de todos os seus clientes ao criarem um pastel com um formato inusitado. A principal atividade realizada pelos moradores da cidade do interior é caminhar ao entorno da Represa Municipal, e após o passeio saborear um pastel.

Publicidade

Durante o passeio pela represa é comum que as pessoas observem inúmeras capivaras, além disso, o roedor é considerado o verdadeiro símbolo da cidade. Desse modo, o casal de empreendedores, Fernando Valentim e Mireilli de Oliveira resolveram homenagear os roedores e criaram um pastel com formato de capivara.

Em uma entrevista concedida ao G1, Fernando declarou que o pastel veio como uma brincadeira, mas que surpreendeu o público e acabou caindo no gosto de todos. O empreendedor também disse que seu quiosque ficou conhecido e muitas pessoas chegam no estabelecimento e perguntam se é ali que vende o pastel da capivara.

Publicidade

Ainda na entrevista o comerciante afirmou que toda a produção do pastel é feita de forma manual. Inicialmente era usado um desenho em uma folha de papel, mas para deixar a produção menos trabalhosa foi desenvolvido um molde de metal. 

Publicidade

De acordo com o empreendedor a novidade foi responsável por triplicar as vendas do quiosque, e em um final de semana eles conseguem vender de 40 a 50 pastéis com o formato do roedor.  O preço pedido para saborear a iguaria varia, pois o pequeno custa R$ 7,00 e o grande sai por R$ 12,00.

Publicidade

Por fim, Fernando comemorou o sucesso, pois a pandemia ocasionou um grande impacto negativo nas vendas de seu comércio. 

Publicidade
Publicidade