in

Funcionário do Carrefour que passou dois dias preso dentro de elevador toma remédios controlados

Jovem passou o final de semana no interior do elevador que fica em um setor de pouco acesso.

Diário do Nordeste

Um homem que trabalha em uma unidade do supermercado Carrefour, em Santos, no litoral paulista, passou três dias, preso no elevador situado no interior da loja. O jovem, que não teve a identidade revelada, era dado como desaparecido desde o último sábado (25), quando não retornou para casa após finalizar o expediente.

Publicidade

A unidade chegou a funcionar normalmente no domingo, mas ninguém notou que o homem estava preso no elevador de carga. Neste período, a vítima ficou sem comer e beber.

De acordo com apuração do portal G1, o homem trabalha no supermercado há sete anos. Após ele sumir e não dar nenhuma notícia, familiares começaram a se movimentar, divulgando imagens dele nas redes sociais. Em um dos posts, a mãe dele chegou a informar que o jovem era usuário de remédios controlados e nunca ficou longe de casa sem dar notícias. 

Publicidade

Após passar o final de semana preso, o homem só foi localizado na manhã da última segunda-feira (27), quando se iniciou o expediente dos funcionários do primeiro turno. Ele foi encontrado dentro do elevador, depois de 36 horas de espera. 

Publicidade

A mãe dele não registrou um boletim de ocorrência acerca do desaparecimento do filho, visto que foi orientada a aguardar às 24h do sumiço. 

Publicidade

Carrefour se pronuncia

Em nota, o Carrefour informou que o funcionário vem se recuperando bem e está com os familiares. O supermercado ainda pontuou que o homem ficou preso em um elevador de carga, que por motivos ainda desconhecidos, teve o funcionamento paralisado. Como o equipamento fica em um setor restrito e de pouco acesso, a espera do jovem foi maior. 

O estabelecimento abrirá uma investigação interna para poder apurar os motivos que culminaram no ocorrido. 

Publicidade
Publicidade