in

Casal internado com Covid morre de mãos dadas e com diferença de apenas um minuto

O casal foi hospitalizado após contrair doença durante um acampamento familiar.

Reprodução/Metrópoles + Facebook de Sarah Dunham

A pandemia de Covid-19 está próxima de completar dois anos e ainda aterroriza o mundo, enquanto a vacinação avança lentamente. Um casal americano morreu de mãos dadas neste último domingo (26), devido complicações causadas pelo novo coronavírus. Familiares afirmam que os óbitos ocorreram com um minuto de diferença.

Publicidade

Cal Dunham e Linda, de 59 e 66 anos respectivamente, eram moradores da cidade de Grand Rapids, localizada no estado de Michigan (Estados Unidos). O casal estava totalmente vacinado e contraiu a doença no início desse mês de setembro durante um acampamento em família. 

Segundo reportagem do canal FOX17, a filha do casal, Sarah Dunham, relatou que recebeu uma ligação do pai antes do acampamento familiar alegando que não estava se sentindo muito bem, achando que seria apenas um resfriado.

Publicidade

No entanto, Cal e Linda decidiram retornar para casa no terceiro dia do acampamento, pois não estavam se sentindo bem e os sintomas pioraram. Alguns dias depois, Cal precisou ser hospitalizado e foi submetido à ventilação mecânica, sendo Linda submetida ao mesmo tratamento alguns dias depois.

Publicidade

A família divulgou algumas imagens do momento em que o casal falecer e mostrou que eles partiram de mãos dadas, ressaltando a união entre os dois. Uma página criada no GoFundMe para arrecadar fundos para o funeral de Cal Dunham e Linda, fez um comunicado e informou que Cal faleceu às 11h07 e Linda o acompanhou às 11h08.

Publicidade

Os Estados Unidos se tornaram referência mundial na vacinação após conseguir vacinar toda a população que desejou receber o imunizante, já que a vacinação no país não é obrigatória. No entanto, o país tem visto os casos de mortes por Covid-19 aumentar muito devido o surgimento da variante Delta.

Publicidade
Publicidade