in

Jovem perde a ponta do dedo após colocar unha de acrigel; local ficou ‘esfarelado’ por bactéria

Jenneffer Souza deve enfrentar terceiro procedimento cirúrgico e aguarda resultados de exame de cultura de bactérias.

Jenneffer Souza / Tik Tok / Instagram

Uma jovem passou por uma situação bem complicada por causa de um procedimento estético. A carioca Jenneffer Souza precisou fazer a retirada da ponta do polegar da mão direita. Ela usou o seu perfil nas redes sociais para poder contar a sua história que teve início com uma simples manutenção das unhas de acrigel.

Publicidade

O objetivo da carioca é alertar outras pessoas sobre os perigos que existem no uso desse tipo de produto. De acordo com a postagem feita pela jovem nesta última segunda-feira, 27 de setembro, ela deve ser submetida a uma terceira intervenção cirúrgica. Com um dreno conectado à primeira falange do dedo que foi afetado, a moça explicou que jamais imaginou que a situação chegaria a esse ponto.

“No dia que eu fui fazer manutenção, estava com três unhas quebradas. As duas dessa mão aqui (esquerda) quebraram de um jeito que tinha arrancado a unha, quebrou a fibra em cima e ficou só a parte de baixo. A outra foi a única que não arrancou (a unha) e só ficou rachado”, relembrou.

Publicidade

Internada há 12 dias, a carioca contou que a manicure decidiu usar duas unhas novas naquelas que havia caído e na outra foi usado um remendo e fibra de vidro. Pouco tempo depois começou a apresentar uma leve dorzinha, mas nunca pensou que fosse normal do procedimento.

Publicidade

No registro feito de dentro do hospital, ela disse que não pensou que fosse caso de fazer a remoção da prótese de unha ou mesmo que precisasse de auxílio médico até que o dedo começou a ficar inchado. Foi então que buscou ajuda médica pela primeira vez. O profissional prescreveu tratamento com anti-inflamatório e antibiótico.

Publicidade

Contudo, sem apresentar nenhuma melhora, ela decidiu retornar ao hospital. Nessa fase já não era mais possível fazer a retirada da unha, pois o dedo estava extremamente inchado e com muito pus. Após a troca de medicamentos e ter ido e voltado do hospital, a carioca teve que ser internada. No primeiro procedimento cirúrgico foi colocado um dreno para sugar a infecção no local e amenizar o edema. Já a segunda cirurgia foi preciso retirar a ponta do dedo que segundo a jovem estava ‘esfarelado’ por causa da bactéria.

Ela não explicou o que vai ser feito na terceira cirurgia. A equipe médica que acompanha o caso solicitou exames para saber qual o tipo de bactéria que causou a infecção. Dependendo do tipo de resultado, talvez seja necessário começar um ciclo novo de tratamento com antibióticos.

Publicidade
Publicidade