in

Professor afirma que nuvens de poeira podem retornar e faz alerta sobre o fenômeno

As nuvens foram registradas em cidades do interior paulista e assustaram toda a população.

Redes Sociais/G1

O professor Pedro Côrtes, do IEE/USP, alertou a população paulista que as nuvens de poeira vistas nas cidades de Franca e Ribeirão Preto podem retornar, caso a seca permaneça no estado. O professor alertou que o fenômeno pode ocorrer novamente quando as chuvas da primavera cessarem.

Publicidade

De acordo com o acadêmico o fenômeno presenciado pelos paulistas tem uma fácil explicação. Pedro Côrtes afirmou que as nuvens se formaram através de uma combinação de solo muito ressecado e a falta de umidade do ar. Desse modo, o solo pode reter a poeira e quando ocorre a chuva, os ventos da tempestade possuem a facilidade de levantar essa poeira.

O professor também afirmou que o fenômeno é bastante raro, e que os paulistas provavelmente não irão sofrer novamente com ele nas próximas semanas. Contudo, Pedro alertou que as nuvens podem voltar, caso a seca no estado continue. 

Publicidade

Após o fenômeno muitas pessoas foram até as redes sociais e declararam que o mesmo ocorreu devido às mudanças climáticas. O professor da USP infelizmente confirmou que estas pessoas estão certas. Côrtes também alertou ser necessário que as pessoas tomem cuidado e não inalem as partículas que as nuvens carregam, pois, são partículas de poeira muito finas e podem chegar profundamente no sistema respiratório.

Publicidade

Por fim, Pedro disse que o prognóstico para o clima no estado de São Paulo não é bom, pois após as chuvas de primavera está sendo esperado que ocorra uma grande seca. O professor declarou ser bem provável que São Paulo enfrente outra seca extrema. Em apenas 20 anos, vai ser a terceira vez que São Paulo enfrenta esse problema.

Publicidade
Publicidade
Publicidade