in

Mãe bebe própria urina para conseguir amamentar filhos após naufrágio; atitude salvou a vida das crianças

Cinco pessoas continuam desaparecidas e as esperanças de encontrá-los com vida estão diminuindo.

Crescer

Uma mãe conseguiu salvar a vida dos dois filhos após naufrágio. Ela conseguiu amamentar as crianças por quatro dias e para conseguir o feito teve que ingerir a própria urina. Mariely Chacon tinha 40 anos e manteve os filhos Maria Beatriz e José David vivos após a embarcação em que estava ser destruída por uma onda durante uma viagem a uma ilha.

Publicidade

A mãe teve que beber a própria urina para conseguir ter energia para alimentar os filhos de seis e dois anos enquanto estavam flutuando no mar. Equipes de resgate acharam os pequenos agarrados ao corpo da mãe nos restos do barco. As crianças foram resgatadas e encaminhadas com urgência para o hospital com queimaduras e desidratação.

Quando as crianças e a mulher foram encontradas, a babá que também conseguiu sobreviver estava escondida em uma geladeira para poder tentar se esconder do calor. O pai dos pequenos, Remis David Camblor e mais cinco pessoas ainda estão desaparecidas. No total, havia nove pessoas na embarcação que partiu de Higuerote, na Venezuela. O destino era a ilha caribenha de La Tortuga.

Publicidade

Autoridades do local confirmaram a informação que a mãe ingeriu a própria urina para amamentar os filhos. Chacon acabou morrendo de desidratação, mas salvou os filhos com sua atitude. De acordo com a informação da mídia local, os órgãos vitais da venezuelana colapsaram em virtude do esgotamento de eletrólitos.

Publicidade

Humberto Chacon, pai da mulher que salvou os filhos da morte, explicou que a vigem era um passeio em família que tinha o objetivo de entreter as crianças. O funeral da mãe heroína ocorreu no final de semana.

Publicidade

Conforme informado pelas autoridades locais, os pequenos estão fora de risco. Outras cinco pessoas que estavam na embarcação estão desaparecidas e as chances de conseguir encontra-los com vida vai reduzindo com o passar do tempo.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.