in

2 crianças são encontradas agarradas ao corpo da mãe morta após barco afundar; babá sobreviveu na geladeira

Cinco pessoas ainda continuam desaparecidas depois do naufrágio; nomes não foram divulgados.

Yahoo/Montagem

Duas crianças foram encontradas com vida depois que sua mãe faleceu durante um naufrágio. O trágico episódio aconteceu enquanto a embarcação em que a família estava atravessa o Oceano Atlântico, de acordo com informações do US Sun.

Publicidade

Mariely Chacon, de 40 anos de idade, chegou a ingerir a própria urina para conseguir ter energia para amamentar as crianças, uma menina de dois anos, e um menino de seis. Ainda segundo o jornal americano, os filhos da vítima ficaram vagando pelo oceano por cerca de quatro dias sob o escaldante sol.

Quando as crianças foram encontradas, estavam agarradas ao corpo de Mariely, que era da Venezuela. Os filhos da mulher apresentavam quadro de desidratação, além de queimaduras de primeiro grau devido ao alto período de exposição ao forte sol que se submeteram.

Publicidade

Uma babá que estava entre os tripulantes também foi encontrada com vida durante as buscas. A mulher, de identidade não divulgada, teria procurado abrigo dentro de uma geladeira do barco para não ter atingida pelas altas temperaturas. Tanto a cuidadora como as crianças foram levadas a um hospital para serem avaliadas. Seu quadro de saúde não foram divulgados. Novas informações sobre o caso podem ser divulgadas a qualquer momento.

Publicidade

Alguns dos tripulantes ainda não foram encontrados

Cinco pessoas permanecem desaparecidas depois do naufrágio. Os desaparecidos, que faziam parte da mesma família, estavam fazendo um passeio de barco quando uma onde grande os atingiu e partiu a embarcação.

Publicidade

Os tripulantes estavam indo com destino à ilha caribenha de La Tortuga, porém nunca chegaram ao local. Uma busca foi iniciada pelas autoridades venezuelanas em busca de sobreviventes e corpos. 

A Autoridade Marítima Nacional da Venezuela emitiu um comunicado informando sobre o naufrágio. “Em 3 de setembro, um barco de recreio partiu de Higuerote para a Ilha La Tortuga com o retorno agendado para 5 de setembro. As autoridades portuárias foram informadas no dia 5 de setembro por volta das 23h de que não havia chegado ao destino ou retornado ao local de onde saíam e foi iniciada uma operação de busca”, diz o documento.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.