in

‘Papai Smurf’ da vida real: ciência explica curioso caso de homem que ficou azul

Caso ocorrido nos Estados Unidos chamou atenção de todos; como seria possível trocar a cor da pele?

REPRODUÇÃO/R7/THE FREAKY

Um caso curioso aconteceu nos Estados Unidos e vem chamando a atenção. O norte-americano Paul Karason mudou a cor da sua pele para uma coloração azul escura. O caso de Paul é tão intrigante que ele chegou a participar do programa de televisão “The Oprah Winfrey Show”, no ano de 2008. Atualmente Paul Karason é conhecido como o “Papai Smurf” da vida real, devido a sua coloração azul. Entretanto, como foi possível que o homem mudasse a cor de sua pele?

Publicidade

A história de Paul começa no ano de 1994, quando se deparou com uma matéria em uma revista que dizia que a substância prata coloidal poderia ser utilizada para tratar envenenamentos com substâncias de petróleo. Paul tinha a intenção de ajudar um amigo que trabalha em uma oficina mecânica, então, eles começaram a ingerir cerca de  300 ml da substância por alguns dias seguidos. 

Paul tinha refluxo gástrico e com a ingestão da substância o problema sumiu, assim decidiu continuar ingerindo a substância. Após meses de consumo, um amigo de Paul foi visita-lo e se surpreendeu quando notou que o rosto do amigo tinha ganhado a coloração azul. A prata coloidal possui a capacidade de se acumular no organismo e, aos poucos, vai envenenando a pessoa e alterando a tonalidade de sua pele de forma permanente.

Publicidade

A explicação para o caso do norte-americano veio em 2008. De acordo com o cirurgião Mehmet Oz, a prata em contato com a água impede que as bactérias produzam energia, e o mesmo é verificado com as células humanas. Assim, com o excesso de sais de prata no organismo, a pessoa desenvolve uma doença chamada argíria, que faz com que a pessoa tenha a pele em tonalidade de azul ou cinza. Infelizmente, o “Papai Smurf” veio a falecer no ano de 2013 devido a um ataque cardíaco. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade