in

TSE vai investigar atos pró-Bolsonaro do dia 7 de Setembro

Manifestações a favor do presidente da República aconteceram em diversas cidades do Brasil.

Youtube Foco do Brasil

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foram às ruas no feriado do dia 7 de Setembro para se manifestar. Entre as pautas estavam o apoio ao voto auditável e críticas contundentes ao Supremo Tribunal Federal (STF). Os ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes foram atacados.

Publicidade

O segundo foi citado nominalmente pelo presidente Bolsonaro em discurso na Avenida Paulista, em São Paulo. Dias depois do ato, Bolsonaro escreveu carta de Declaração à Nação em que afirmou que respeita os outros poderes. Para bolsonaristas mais fanáticos, o chefe do Executivo estava arregando diante dos outros poderes.

Após ter resolvido este problema, Bolsonaro pode ter outro mais à frente. Luís Felipe Salomão, corregedor-geral da Justiça Eleitoral, abriu investigação sobre os atos realizados no Dia da Independência. O primeiro objetivo é saber se houve financiamento às manifestações.

Publicidade

Caso tenha havido, a segunda resposta que Salomão pretende ter é quem financiou. Além disso, a apuração tem o objetivo de esclarecer se houve propaganda eleitoral antecipada por parte de Bolsonaro. O presidente participou dos atos em Brasília e em São Paulo. Bolsonaro vai disputar a reeleição em 2022.

Publicidade

A decisão de investigação por parte do TSE surge no momento em que Bolsonaro tenta apaziguar os ânimos com outras instituições, após críticas pesadas a Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, e a Alexandre de Moraes. Até o fechamento desta reportagem, Bolsonaro não havia se manifestado sobre as investigações.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!