in

Corpo aparece boiando em Angra; bombeiros acreditam que cadáver seja de empresário desaparecido junto à ex

O ex-casal passeava de barco na região da Lagoa Verde quando perderam o contato com familiares.

O Globo | Jornal O Dia | Montagem Ingrid Machado

O mistério envolvendo o desaparecimento de Cristiane Nogueira da Silva, de 48 anos, e de Leonardo Machado de Andrade, de 50, pode estar próximo ao fim. O casal havia desaparecido no último dia 22 de agosto ao saírem em um passeio de barco na região na Lagoa Verde, Angra dos Reis. Horas após saírem, a família perdeu a comunicação com os dois.

Publicidade

Preocupados, familiares acionaram a guarda costeira e equipes do Corpo de Bombeiros que iniciaram intensas buscas pelo casal. No início, nenhuma hipótese foi descartada,  teve até mesmo a possibilidade de o casal ter sido assaltado por piratas, bandidos que agem em alto mar.

A maior hipótese seria de que a embarcação onde o casal estava estivesse naufragado. Dias após o desaparecimento, o corpo de uma mulher foi localizado na região de Ilha Grande. A família fez o reconhecimento através de uma tatuagem e afirmaram que se tratava de Cristiane. Os bombeiros continuaram com as buscas pelo empresário Leonardo.

Publicidade

De acordo com o Jornal O Dia, nesta quarta-feira (15), um corpo foi encontrado boiando em Ilha Grande. Os bombeiros suspeitam que o cadáver possa se tratar de Leonardo. A equipe fez a remoção do corpo que será encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) da cidade, local onde familiares e conhecidos poderão fazer o reconhecimento.

Publicidade

Familiares de Cristiane chegaram a pedir orações pela volta do casal, acreditando que eles pudessem estar perdidos. As buscas por Leonardo haviam se encerrado na semana passada após exaustivas buscas pelo mar de Angra dos Reis.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade