in

Professora morreu de Covid-19 após volta às aulas; ela assinou termo recusando vacina

Joana morreu em decorrência da doença, causada pelo coronavírus, em Campos dos Goytacazes.

Divulgaçao / Reprodução O Dia

Uma professora de História da rede estadual da cidade de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, morreu vítima da Covid-19, compondo mais uma história triste de uma pessoa que morreu em decorrência da doença causada pelo coronavírus. A notícia da morte de Joana (Sobrenome não foi divulgado) está repercutindo na mídia.

Publicidade

Ela dava aula de História no Colégio Estadual Doutor Sylvio Bastos Tavares. A morte aconteceu na segunda-feira (6) e foi noticiada dois dias depois. Para voltar as aulas na cidade, o Sindicato dos Professores conseguiu que a cidade vacinasse todos os profissionais de educação que voltariam às salas.

Para que tudo acontecesse de forma rápida, os profissionais de educação receberam a vacina da Jansen, cuja dose é única. Joana não quis ser imunizada e assinou um termo de responsabilidade, em que assumia os riscos de sua decisão.

Publicidade

Desprotegida, ela contraiu Covid-19, foi internada e não resistiu. A morte da professora foi lamentada. O motivo de ela ter se recusado a receber a vacina não foi explicado. Seu caso vem ganhando repercussão como um alerta a todos, sobre a importância da vacina.

Publicidade

Vacine-se quando chegar sua vez

Publicidade

Em todo o Brasil, mais de 70 milhões de pessoas completaram a imunização com as duas doses da vacina – ou dose única no caso da vacina da Jansen. É importante que todos se vacinem quando chegar a vez. Nesse momento, há cidades que estão vacinando adolescentes. A vacina não impede que uma pessoa contraia a Covid-19, mas, na grande maioria dos casos, evita que a doença progrida.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!