in

Recluso em casa, Sergio Reis acompanha manifestações e aponta qual ‘a esperança do Brasil’

Cantor de 81 anos não participou das manifestações pró-Bolsonaro ocorridas em todo o Brasil.

Reprodução Record TV

Sergio Reis não compareceu às manifestações organizadas no dia 7 de setembro à favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Após polêmica com o Supremo Tribunal Federal, Sergio Reis preferiu se preservar e ficar em casa, mas não deixou de apoiar as manifestações que ocorreram em diversas capitais brasileiras.

Publicidade

O cantor de 81 anos causou polêmica há algumas semanas, após áudio em que ele ameaçava o STF vazar. Na conversa com um amigo, o sertanejo afirmou que os manifestantes pediriam o impeachment de ministros ao Senado. Caso não fossem atendidos em um mês, invadiriam o Supremo e tirariam os ministros lá de dentro na marra.

Após a polêmica, o cantor chegou a ser internado. Diabético, Sergio Reis ficou três dias no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Antes disso, havia recebido visita da Polícia Federal, que cumpriu mandado de busca e apreensão.

Publicidade

Sergio Reis deu entrevista ao jornalista Roberto Cabrini, da Record TV, e assumiu que errou na forma como falou do STF. O cantor também disse que o áudio foi vazado por um amigo da onça. Segundo Sergio Reis, a frase infeliz foi dita em um momento de brincadeira com um amigo.

Publicidade

Publicidade

Sergio Reis aponta o futuro da nação

Sergio Reis não participou das manifestações pró-Bolsonaro, ocorridas no Dia da Independência. Nas redes sociais, ele demonstrou estar ligado no movimento. O cantor postou uma foto de crianças que seguravam uma placa com a frase “Sergio Reis, obrigado por lutar por nós”. “A esperança do Brasil”, escreveu o artista na legenda.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!