in

Fraude ou verdade? Facada em Bolsonaro completa três anos nesta segunda; caso ainda gera dúvidas em alguns brasileiros

O presidente da República, Jair Bolsonaro, levou uma facada enquanto ainda era candidato a presidência.

RAYSA CAMPOS LEITE / AFP / Blog do Esmael

No dia 6 de setembro de 2018, o então candidato a presidência da República, Jair Bolsonaro (sem partido) estava fazendo sua campanha presidencial enquanto estava filiado ao PSL. Seu ato político aconteceu na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Publicidade

Durante a sua campanha, o presidente do Brasil levou uma facada na barriga dada por Adélio Bispo de Oliveira. O autor do golpe foi preso pelos próprios apoiadores de Bolsonaro que estava junto dele no momento da agressão. Bolsonaro estava sendo escoltado por policiais federais durante o ato público.

De acordo com os boletins médicos da época, Bolsonaro teve lesões nos intestinos delgado e grosso. Por conta da gravidade dos ferimentos, ele precisou fazer uma cirurgia, que levou em média 2 horas. Depois disso, ele teve sua transferência realizada para o Hospital Sírio-Libanês, que fica em São Paulo. Ele permaneceu internado e fazendo campanha enquanto se recuperava.

Publicidade

Fraude ou verdade?

Publicidade

Mesmo com os boletins, brasileiros de esquerda, de direita e centro fizeram diversas análises nas imagens das câmeras e não conseguiram notar nenhuma gota de sangue na camisa que o presidente usava. Isso gerou muitos comentários e deu início a uma teoria da conspiração. Muitos até hoje ainda não acreditam que Bolsonaro realmente levou uma facada.

Publicidade

Em 30 de maio de 2019, no programa The Noite, apresentado por Danilo Gentili, transmitido pelo SBT, o presidente tirou a camisa durante a entrevista para mostrar a cicatriz da facada sofrida. O plantão médico da Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora confirma que atendeu o presidente.

Adélio Bispo está preso desde este dia na cidade de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, em um presídio de segurança máxima e sem acesso à imprensa. O autor frequentou o mesmo clube de tiros de Eduardo e Carlos Bolsonaro, filhos do presidente. Esse local fica em São José, região metropolitana de Florianópolis.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Nado Calegari

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .