in

Auxílio Emergencial: conheça o calendário de pagamentos da 6ª e 7ª parcela do benefício

Benefício terá mais duas cotas neste ano de 2021 e posteriormente será encerrado.

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Na última terça-feira (31), a Caixa Econômica Federal (CEF) concluiu o pagamento da quinta parcela do Auxílio Emergencial no modelo de depósito na poupança digital. Postergado, o benefício ainda contará com mais duas cotas neste ano, antes de ser descontinuado.

Publicidade

A sexta parcela do programa começará a ser creditada para o grupo em geral na poupança digital a partir do dia 21 de setembro, quando beneficiários nascidos em janeiro serão contemplados. Na sequência, dia após dia, o cronograma será seguido, com a previsão de encerramento dos pagamentos no dia 30 de setembro, quando brasileiros nascidos em dezembro serão atendidos.

A sétima cota do Auxílio Emergencial, por sua vez, terá pontapé inicial no dia 20 de outubro e será concluída no dia 30. 

Publicidade

Bolsa Família 

Para quem integra este programa, o sexta cota do Auxílio Emergencial começará a ser paga no dia 17 de setembro, sempre tendo como base o dígito final do NIS (Número de Inscrição Social). Já a última parcela terá início no dia 18 de outubro e vai até o dia 29 do mesmo mês.

Publicidade

Diferentemente do público em geral, este grupo já recebe o montante em espécie, não sendo obrigado a aguardar o calendário de saques ou transferências, ou até mesmo utilizar recursos para antecipar os pagamentos.

Publicidade

Após essas duas últimas cotas, o Auxílio Emergencial será encerrado, com a perspectiva do governo lançar o Auxílio Brasil, programa que substituirá o Bolsa Família, com valores mensais mais altos. As cifras, regras e todos os detalhes do novo programa com a patente do governo de Jair Bolsonaro deve sair no próximo mês. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade