in

Lula diz que impeachment de Dilma foi culpa da imprensa: ‘Quantas vezes deram direito de resposta?’

O ex-presidente comentou sobre o impechment de Dilma cinco anos depois que ela saiu da presidência do Brasil.

PT/Reprodução

Na terça-feira, 31, o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) discursou a respeito do impeachment de Dilma Rousseff (PT). Vale lembrar que o dia marcava a data de completa cinco anos desde que a ex-presidente sofreu o impeachment.

Publicidade

Agora, o petista diz que a saída de Dilma da presidência foi um “golpe” programado pela imprensa. E mais, ele ainda diz que a ex-presidente não teve a oportunidade de se defender por meio da mídia.

“O que foi o impeachment da Dilma, o que nós sofremos em 2016, se não a perpetuação e a consagração de um comportamento da imprensa fatalmente favorável ao golpe? Quantas vezes você foi chamada para explicar pedalada? Quantas vezes deram direito de resposta? Nunca, porque eles sempre estão certos”, disse Lula em defesa de Dilma, afirmando que a companheira não teria tido direito de resposta na mídia, que teria apresentado somente sua versão.

Publicidade

Para Lula, outros políticos não puderam fazer nada sobre a imprensa, que sempre se mostrará certa e, caso contrário, “os donos não vão gostar”.

Publicidade

Vale destacar que na semana passada, o ex-mandatário afirmou que, caso seja eleito, seu objetivo será a regularização dos meios de comunicação. Mesmo assim, o político ressalta que não se decidiu se será ou não candidato à presidência no ano que vem. “Estou conversando com muita gente”, afirmou Lula, que ressaltou estar ouvindo muito desaforo e que parte da imprensa não quer que ele volte ao Palácio do Planalto.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade