in

Lula amplia ainda mais a vantagem sobre Bolsonaro nas eleições de 2022, aponta pesquisa

Em cinco cenários, Lula lidera a pesquisa sobre Bolsonaro variando entre 44% e 47% das intenções de votos para as eleições de 2022.

REUTERS/Carla Carniel

De acordo com uma pesquisa realizada pela Genial Investimentos e Quaest para setembro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está com uma grande vantagem sobre o atual líder do Executivo, Jair Bolsonaro (sem partido), nas intenções de voto para as eleições do ano que vem.

Publicidade

Os dados do levantamento mostram Lula com quase metade dos votos recebidos, isso no primeiro turno. Nesta hipótese, o ex-presidente iria enfrentar Bolsonaro no 2º turno e venceria, se tornando mais uma vez presidente do Brasil.

A pesquisa foi feita considerando cinco possíveis cenários e, em todos eles, o petista lidera. Lula oscila entre 44% e 47% em todos os cenários. Enquanto isso, Bolsonaro surge entre 25% a 26%.

Publicidade

Caso ocorra a disputa entre Lula e Bolsonaro no segundo turno, segundo a pesquisa, o petista conquistaria 55% dos votos, já Bolsonaro teria 30% deles.

Publicidade

Na terça-feira, 31, uma declaração de Lula a respeito do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) deu o que falar.

Publicidade

O petista questiona o que foi o impeachment de Dilma e se o mesmo decorreu de um comportamento “fatalmente favorável ao golpe” da imprensa. E mais, o ex-presidente ainda questiona quantas vezes Dilma foi chamada para poder dar a sua versão sobre as pedaladas. “Nunca”, responde ele, dizendo que isso acontece porque “eles sempre estão certos”.

Na opinião do petista, pessoas envolvidas com a política não podem fazer declarações a respeito da imprensa, já que “se bater, ela sempre terá razão”. Segundo Lula, a mídia manterá uma postura de correta até mesmo quando não estiver porque “senão, os donos não vão gostar”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade