in

Covid-19: 1ª morte por variante delta é confirmada em SP e acende alerta

Mulher de 74 anos é a primeira vítima da variante delta no estado de São Paulo.

Assessoria de Comunicação Prefeitura de Ituporanga

Uma mulher de 74 anos foi a primeira vítima da variante delta da Covid-19 no estado de São Paulo. A idosa já havia se vacinado com duas doses da Coronavac, tinha comorbidades e morava na cidade de Piracicaba. A informação foi confirmada nesta terça-feira (31) pelo secretário estadual da saúde, Jean Gorinchteyn.

Publicidade

A variante delta surgiu na Índia e apresenta a alta possibilidade de transmissão como uma de suas principais características. A delta ataca o sistema imunológico e dificulta a defesa do organismo. Por isso, todo cuidado é pouco com essa nova variante que chegou ao Brasil.

Na cidade de São Paulo, a mais populosa do país, 43% dos casos de Covid-19 são pela variante delta, de acordo com dados divulgados pela prefeitura. Nesta quarta-feira, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), dará uma entrevista coletiva em que a abordará o assunto.

Publicidade

Cuidados a serem tomados

A partir de setembro, o governo federal planeja a terceira dose de imunização contra a Covid-19. É importante que todos recebam esta terceira dose quando chegar a vez. Agora, o avanço da vacinação é fator importante na luta contra a variante delta.

Publicidade

Outras armas contra a Covid-19 são as mesmas desde o ano passado: usar máscara de proteção, lavar as mãos com água e sabão, usar álcool em gel e manter o distanciamento social. Todos os cuidados são fundamentais neste momento para evitar a contaminação pelo coronavírus. Pessoas vacinadas também podem contrair a doença e transmitir para pessoas não vacinadas. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!