in

Tiroteio e terror em Araçatuba: empresário que filmava ação dos assaltantes foi executado a sangue frio

Na madrugada desta segunda-feira (30), criminosos assaltaram agências bancárias do centro da cidade.

Metrópoles | Montagem Ingrid Machado

Na madrugada desta segunda-feira (30), moradores de Araçatuba, interior de São Paulo, viveram momentos de pânico e terror. De acordo com o site G1, cerca de 20 homens assaltaram pelo menos 3 agências bancárias do centro da cidade e 10 carros foram usados na ação dos criminosos, que fizeram várias pessoas reféns.

Publicidade

Os assaltantes também utilizaram drones e explosivos com sensor de calor humano. Alguns dos reféns foram amarrados nos tetos e capôs de veículos para servirem como “escudos humanos” dos criminosos. Pelo menos 3 pessoas morreram em 5 ficaram feridas durante os assaltos.

Segundo o site Metrópoles, o empresário Renato Bortolucci foi executado a sangue-frio pelos criminosos enquanto tentava filmar a ação. O prefeito de Araçatuba, Dilador Borges, confirmou a informação em entrevista à Globo News. Dilador disse, ainda, que a polícia se conteve no revide aos criminosos para que mais vidas inocentes não fossem perdidas.

Publicidade

Uma pessoa, um empresário inclusive, que no meio do tiroteio foi de carro lá para filmar. Os caras executaram ele. Então, não dá. E a polícia também não apertou o cerco para não perder mais vidas“, contou Borges. Um das vítimas dos bandidos teve os dois pés amputados por conta de um explosivo e segue internado em estado estável.

Publicidade

Até o momento, três suspeitos foram apreendidos pela polícia ao tentarem se evadir para uma região de mata. Na ação, carros foram incendiados na tentativa de prejudicar o trabalho da polícia. Os bandidos espalharam o caos e deixaram várias agências destruídas pelo uso de explosivos. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade