in

Bolsonaro diz ter que dar ‘ponto final’ em um ‘câncer’ no TSE: ‘Ganhar essa guerra’

O presidente Jair Bolsonaro afirma que o ‘câncer’ já chegou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Reprodução / Redes Sociais

O presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta sexta-feira, 27, que o “câncer” já chegou ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e, inclusive, que é necessário colocar um “ponto final” nisso. A declaração foi feita pelo chefe do Executivo a apoiadores enquanto ele saia do Palácio da Alvorada.

Publicidade

Vale destacar que a fala do presidente faz referência a Luiz Felipe Salomão, que é o corregedor-geral do Tribunal e suspendeu o repasse da monetização de qualquer canal que propagar desinformação a respeito do sistema eleitoral.

Bolsonaro diz não ser “machão” e também não ser o único certo. Mesmo assim, o chefe do Executivo ressaltou não poder dois caras acabarem estragando a democracia do país. O presidente ainda diz que o jeito é começar a prender “na base do canetaço”, isso fazendo até bloqueios de algumas redes sociais.

Publicidade

E mais, agora, Bolsonaro afirma que “o câncer já foi lá para TSE”, aonde ele ressalta ter uma pessoa mandando desmonetizar as coisas.

Publicidade

Vale ressaltar que na quarta-feira, 25, o presidente postou por meio de suas redes sociais o trecho de um vídeo de uma transmissão ao vivo de abril. No post, Bolsonaro disse ter conhecimento de onde está o “câncer” no país. E mais, o chefe do Executivo ainda fez questão de destacar saber o que é preciso fazer a respeito do assunto. Além disso, Jair Bolsonaro também destacou que há uma possibilidade de “ganhar essa guerra”, isso caso os brasileiros sejam munidos com informações.

Publicidade

O presidente não citou nomes ao realizar tal publicação, contudo, vale destacar que a mesma ocorreu apenas algumas horas depois que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, rejeitou o pedido de impeachment contra o ministro do STF, Alexandre de Moraes, pedido esse que foi realizado pelo chefe do Executivo.

Publicidade
Publicidade