in

Após tomar o poder no Afeganistão, Talibã anuncia ‘anistia geral’ e faz apelo inesperado às mulheres afegãs

O grupo extremista assumiu o poder no Afeganistão após o anuncio da retirada das tropas americanas do país.

Correio do Povo

Após assumir o controle do Afeganistão, o Talibã anunciou, nesta terça-feira (17), o que chamou de anistia geral em todo o país. O grupo pediu ainda que as mulheres unam forças e se juntem ao governo.

Publicidade

O pronunciamento, que pegou a todos de surpresa por conta do tom conciliador, é visto como uma tentativa de fazer com que a população se convença de que o grupo, até então classificado como extremista, mudou.

Segundo o porta-voz do novo governo, todos podem e devem retomar à sua vida cotidiana com total confiança. Além disso, o representante pediu ainda que aqueles que exercem cargos públicos retornem às suas funções normalmente.

Publicidade

Publicidade

A mudança repentina do grupo contrasta com o que foi posto em prática entre 1996 e 2001, quando liderou o país com mãos de ferro e uma visão extrema e rigorosa das leis islâmicas. As maiores vítimas de tal extremismo sempre foram as mulheres, que não podiam sequer trabalhar ou estudar.

Publicidade

Nesta tentativa de se mostrar ameno e moderado, o representante do Talibã, o porta-voz Beheshta Arghang cedeu entrevista para uma repórter mulher sem burca, na rede de televisão Tolo News.

“O mundo inteiro agora reconhece que os talibãs são os verdadeiros governantes do país”, disse ele à apresentadora Mawlawi Abdulhaq Hemad. “Estou surpreso que as pessoas tenham medo do Talibã”, completou.

Apesar do esforço do grupo, muitos cidadãos afegãos se dizem céticos quanto a tal mudança repentina. Aqueles mais velhos, que viveram os anos em que o grupo extremista esteve no poder, ainda lembram das ações ultraconservadoras postas em prática pelo Talibã, como apedrejamentos, amputações e até mesmo execuções realizadas em locais públicos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.