in

Criança pequena mata mãe com tiro na cabeça durante reunião de trabalho online; caso serve de alerta

A mulher de 21 anos de idade estava participando de uma reunião de trabalho por videoconferência.

R7

Os pais enfrentam uma rotina diferenciada, isso porque muitos aderiram ao home office, que é a opção de trabalhar de casa. Contudo, ter essa tarefa com outras atividades acaba se tornando uma rotina cansativa para a grande maioria, especialmente para as mães. O fato é que quanto menor a criança mais cuidado e atenção dos pais e responsáveis precisam ter.

Publicidade

Evitar deixar objetos perigosos ao alcance dos pequenos é algo fundamental para evitar acidentes domésticos. Infelizmente, um caso terrível virou manchete na mídia e impacta muitas pessoas. Uma mãe morreu após ter sido atingida por uma arma de fogo pela própria filha. Um detalhe no fato é ainda mais chocante, pois tudo acabou sendo transmitido ao vivo.

A criança pequena achou uma arma carregada na própria residência e atirou na cabeça da mãe enquanto ela estava participando de uma reunião online de trabalho. O fato aconteceu nesta última quarta-feira, 11 de agosto. Os colegas da mãe viram a terrível cena ao vivo, conforme a informação da polícia da Flórida, nos Estados Unidos.

Publicidade

A idade da criança não foi divulgada pelas autoridades, mas os policiais se referiram a pequena como Toddler, a expressão em inglês é usada para poder definir crianças com idade entre 12 e 36 meses. Uma das pessoas que estava participando da reunião online foi responsável por acionar o serviço de emergência após ter visto a criança ao fundo e escutar o barulho de um tiro.

Publicidade

De acordo com as autoridades de Atamonte Springs, a mãe foi identificada com Shamaya Lynn, de 21 anos de idade. Ela caiu para trás e não retornou mais ao vídeo. “Policiais e paramédicos fizeram o melhor que puderam para acudir a sra. Lynn, mas ela foi encontrada com um ferimento a bala na cabeça”, explicou a uma nota da polícia.

Publicidade

Ainda conforme a polícia, a arma claramente não estava guardada de forma segura dentro da casa. O caso serve de alerta para as pessoas que possuem arma de fogo em casa, pois elas devem ser guardadas em um local seguro e fora do alcance de crianças.

Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.