in

Saúde lança Campanha Nacional de Prevenção à Obesidade Infantil

Segundo ministério, mais de 3 milhões de crianças sofrem com a doença.

© Conselho Federal de Nutricionistas/Direitos Reservados (Agência Brasil)

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, participou hoje (10) do lançamento da Campanha Nacional de Combate e Prevenção à Obesidade Infantil. A pasta coordenará um esforço multissetorial com o objetivo de reverter os números da obesidade infantojuvenil no Brasil. Segundo dados do ministério, 6,4 milhões de crianças e adolescentes brasileiros estão com sobrepeso e 3,1 milhões podem ser considerados obesos.

Publicidade

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, também participou do evento. Segundo Ribeiro, a ação de combate à obesidade também fará parte das rotinas escolares brasileiras, que adotarão protocolos de nutrição e estimularão atividades físicas contínuas.

Assista na íntegra:

Veja também:

Publicidade

Publicada MP com crédito extraordinário de R$ 9,1 bi para Saúde

O governo federal publicou hoje (10) medida provisória (MP) abrindo credito extraordinário no valor de R$ 9,1 bilhões para o Ministério da Saúde. A MP 1.062/21, publicada no Diário Oficial da União (DOU) destina recursos para a manuntenção do financiamento de serviços de saúde excepcionais decorrentes da pandemia de covid-19.
» Leia mais

Publicidade

Ministério lança guia de estímulo à prática de atividade física

O Ministério da Saúde lançou, em 29 de junho, um guia para estimular a população a praticar atividades físicas. Com a publicação, o ministério espera promover hábitos saudáveis e uma melhor qualidade de vida entre os brasileiros e reduzir o sedentarismo.
» Leia mais

Publicidade

Inatividade aumenta mortes por doença cardiovascular na pandemia

Estudo da Universidade de São Paulo (USP) mostra que a inatividade física na pandemia pode aumentar as mortes por doenças cardiovasculares em até 200 mil novos registros no longo prazo. O Grupo de Pesquisa em Fisiologia Aplicada & Nutrição, da Faculdade de Medicina, projetou em março de 2020, a partir da revisão de 50 estudos, que a falta de exercícios teve um crescimento de 50%. 
» Leia mais

*Matéria em atualização.


Publicado em 10/08/2021 – 14:31 Por Agência Brasil* – Brasília


Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Agência Brasil

Agência pública de notícias da EBC. Informações sobre política, economia, educação, direitos humanos e outros assuntos.