in

Auxílio Emergencial: governo define data para liberar calendário de pagamentos da 5ª parcela

Governo autorizou o pagamento de mais três cotas do benefício para 2021.

MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Após contemplar os beneficiários com quatro parcelas, o Governo Federal e Caixa Econômica devem liberar, nesta terça-feira (10), o cronograma de pagamentos da quinta parcela do Auxílio Emergencial.

Publicidade

De acordo com informações da colunista Carla Araújo, o governo prioriza a finalização da entrada da PEC do Bolsa Família, e na sequência já deve soltar o calendário completo com a sequência de pagamentos do benefício. 

Os valores da nova fase do Auxílio Emergencial oscilam entre R$ 150, R$ 250 e R$ 375, este último valor concedido às mães chefes de família. Nesta nova prorrogação, o Auxílio Emergencial contemplará parcelas pagas entre agosto até outubro.

Publicidade

Se seguir a linha dos meses anteriores, o benefício começará a ser pago aos beneficiários que integram o Bolsa Família, com cronograma se baseando no dígito final do NIS (Número de Inscrição Social), e posteriormente será distribuído, em depósito na poupança digital, para os demais beneficiários, tendo como base o mês de aniversário. 

Publicidade

Para este segundo grupo, o pagamento da cota em poupança digital deve começar no dia 18 de agosto e se estender até os últimos dias do mês. O pagamento da 4ª parcela do Auxílio foi encerrado no dia 30 de julho. 

Publicidade

Saques e transferências 

Para quem não integra o Bolsa Família, há um cronograma separado para a realização de saques e transferências do montante. Em um primeiro momento, o dinheiro é depositado na poupança digital, podendo ser utilizado no aplicativo Caixa Tem para compras e pagamentos de boletos, e posteriormente pode ser movimentado do app para contas dos bancos físicos. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade