in

Infectologista alerta para a facilidade de propagação da variante Delta até em locais abertos

Nova variante já está sendo responsável por parte dos novos casos de covid-19 no Brasil.

Foto: Fábio Vieira/Estadão

A infectologista Raquel Stucchi concedeu uma entrevista ao canal CNN, em que alertou sobre os perigos da nova variante Delta que chegou ao Brasil. De acordo com a profissional de saúde a nova variante, que surgiu na Índia, possuí um grande poder de infecção e consegue se espalhar facilmente até em ambientes abertos.

Publicidade

Raquel Stucchi também alertou que agora o uso da máscara de proteção se torna ainda mais importante, pois a Delta consegue infectar pessoas mais rapidamente. A infectologista afirmou que considera arriscado o Brasil promover festas como Réveillon e o Carnaval de 2022, pois mesmo com as festas ocorrendo em espaço aberto elas contarão com um grande número de pessoas, e mesmo que haja a utilização de máscaras de proteção, a proliferação da covid-19 ainda pode ser elevada.

De acordo com a médica, ainda é muito cedo para que as cidades promovam flexibilizações mais relaxadas, pois as mesmas são um verdadeiro convite para a realização de aglomerações. A infectologista demonstra grande preocupação, pois a variante Delta já vem desafiando as vacinas produzidas até o momento.

Publicidade

A eficácia das vacinas diminui um pouco para a variante Delta. Então, se a vacina antes me dava uma proteção de 80, 90% contra a forma grave. Hoje essa proteção para a variante Delta cai uns 10 pontos. Ela vai para 80, quase 70%.”, declarou Raquel Stucchi.

Publicidade

A profissional da saúde também alerta que apesar da população receber o imunizante, ela não está protegida de contrair o vírus, está apenas protegida de desenvolver a forma grave da doença. Vale lembrar que mesmo vacinada, a pessoa continua transmitindo o coronavírus.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade