in

Caso Miguel: mãe tenta tirar a vida na cadeia; corpo do menino ainda não foi encontrado

Yasmin, de 26 anos, teria tentado se matar na prisão; ela confessou a morte do garoto de 7 anos.

Arquivo pessoal Yasmin Vaz

O corpo de Miguel dos Santos Rodrigues, de 7 anos, ainda não foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros. A Polícia Civil não tem dúvidas de que o garoto está morto, mas desconfia que o corpo pode não ter sido jogado no Rio Tramandaí, em Imbé, no Rio Grande do Sul, como contou a mãe da criança, Yasmin Rodrigues.

Publicidade

A mulher de 26 anos confessou o crime cometido no dia 28 de julho. Após espancar e dopar o filho, Yasmin, que foi presa, diz ter jogado o corpo no rio. Neste sábado (7), as buscas devem prosseguir. A companheira de Yasmin, Bruna Nathiele, de 23 anos, também foi detida.

Vídeo divulgado pela Polícia Civil mostrou a madrasta torturando o menino psicologicamente. O menino tinha um caderno onde escrevia que era mal e que não merecia a mãe que tinha, entre outras frases que confirmam a tortura.

Publicidade

Segundo pessoas próximas, Yasmin mudou com o garoto depois de conhecer Bruna. Em print de conversa pelo WhatsApp divulgada pela polícia, Yasmin planejava comprar uma corrente para amarrar o menino que vivia preso dentro de um armário.

Publicidade

Mãe de Miguel tenta tirar a própria vida

Yasmin Rodrigues teria tentado tirar a própria vida na prisão. O mesmo havia acontecido com Bruna, que acabou transferida para outra unidade prisional. Desde a morte do menino ter sido confirmada, a polícia descobriu que a avó materna havia tentado adotar a criança. O pai de Miguel, que era ausente, também apareceu e disse, em entrevista ao site GaúchaZH, que não sabia que o filho era maltratado. O caso abalou a pequena cidade de Imbé.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!