in

Ossada encontrada pela polícia não é de meninos desaparecidos em Belford Roxo

De acordo com uma perícia da Polícia Civil, na verdade, a ossada pertence a algum animal.

REPRODUÇÃO: EXTRA

De acordo com uma perícia realizada pela Polícia Civil, a ossada encontrada próximo a uma ponte em Belford Roxo não é de nenhum dos três garotos que estão desaparecidos no município desde dezembro de 2020. Segundo essa perícia, na verdade, o material encontrado é de origem animal. As informações foram apuradas pelo portal G1.

Publicidade

 De acordo com o laudo, os ossos encontrados são de “vértebras caudais de animais”.

Fernando Henrique, Lucas Matheus e Alexandre desapareceram no final de dezembro do ano passado.

Publicidade

A ossada foi localizada e passou por perícia após um homem ter comparecido à delegacia para acusar o próprio irmão de ter envolvimento na ocultação dos corpos dos meninos.

Publicidade

Equipes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense foram orientadas a continuar as buscas pela região.

Publicidade

Diversas hipóteses vêm sendo investigadas desde que Lucas Matheus, de 9 anos, Alexandre, de 11, e Fernando Henrique, de 12, desapareceram no dia 27 de dezembro de 2020. Os meninos sumiram após saírem para brincar juntos.

Os investigadores trabalham com várias linhas de investigação, entre elas, a de que os meninos tenham sido assassinados por traficantes da região.

Outra hipótese investigada é de que as crianças teriam sido assassinadas porque um deles teria se envolvido no roubo a uma gaiola de passarinho que pertencia ao parente de um traficante do Castelar, onde residem.

Desde o desaparecimento, muitas buscas foram realizadas em locais onde surgiram informações de que os meninos foram vistos. Além disso, vale destacar que notícias falsas e trotes vêm atrapalhando o trabalho dos investigadores.

Publicidade
Publicidade
Publicidade