in

Menino morto pela mãe foi ameaçado pela madrasta; polícia faz buscas pelo corpo

Miguel, de sete anos, desapareceu na quarta-feira (28) em Imbé, litoral norte do Rio Grande do Sul.

Arquivo pessoal Yasmin Vaz

O menino Miguel, de apenas 7 anos, desapareceu na quarta-feira (28). No dia seguinte, a mãe do menino, Yasmin Vaz dos Santos Rodrigues, de 26 anos, foi à delegacia para registrar que o filho havia desaparecido. Na sexta-feira, porém, a mulher confessou ter jogado o corpo do filho no Rio Tramandaí, em Imbé, litoral norte do Rio Grande do Sul.

Publicidade

O caso está repercutindo nas redes sociais. Este é mais um crime de violência contra a criança no Brasil. A Polícia Civil do Rio Grande do Sil divulgou imagens que comprometem a companheira de Yasmin. A madrasta de gravou vídeo em que ameaça a criança.

No vídeo, dá para ver que Miguel está dentro de um guarda-roupa, indícios de que o menino sofria maus-tratos por parte da mãe e da companheira dela. De acordo com o delegado Antonio Carlos Ractz, Miguel era mantido amarrado.

Publicidade

Na gravação, a companheira da mãe dela trava um diálogo com a criança, perguntando porque ela se joga no chão quando a mãe está presente e abre o armário. Após a resposta do menino, a mulher responde com tom ameaçador. “Se a tua mãe chegar e tu te mijar eu te desmonto a pau. Eu te desmonto, eu te desmonto, eu te desmonto e tu vai sair todo quebrado”, disse.

Publicidade

Publicidade

Polícia procura corpo

Após a mãe confessar o crime e ser presa, a polícia segue na busca do corpo de Miguel. A madrasta nega que tenha participado da ação. A hipótese de que o menino de 7 anos possa estar vivo é descartada pela polícia. A morte de Miguel chocou os moradores de Imbé, cidade que tem pouco mais de 20 mil habitantes.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!