in

Meninos de Belford Roxo: polícia encontra ossada e exame vai dizer se é dos garotos

Três garotos com idades entre 9 e 12 anos desaparecem em Belford Roxo, na Baixada Fluminense.

Reprodução G1

A Polícia Civil do Rio de Janeiro avança nas investigações do desaparecimento de Lucas Matheus, de 9 anos, Alexandre Silva, de 11, e Fernando Henrique, 12. Os três estão desaparecidos desde dezembro. Familiares estão desesperados querendo saber o paradeiro dos garotos.

Publicidade

Nesta semana, um homem se apresentou ao Batalhão da Polícia Militar de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, e contou que o irmão teria sumido com os corpos dos meninos. Segundo este homem, Lucas, Alexandre e Fernando teriam sido mortos a mando de um traficante da região, identificado como José Carlos dos Prazeres Silva, o Piranha. Os meninos teriam sido espancados e mortos após roubarem gaiola de passarinhos.

Nesta sexta-feira (30), a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) encontrou ossada próxima de uma ponte de Belford Roxo. O local é próximo de onde o homem que foi ao BPM indicou que os corpos dos meninos teriam sido deixados dentro de sacos.

Publicidade

De acordo com informações do G1, os ossos que foram encontrados hoje parecem ser das costelas e estavam dentro de um saco preto. O material foi recolhido e passará por perícia. Fios de cabelo que também estavam no local serão analisados. O resultado deve sair em sete dias.

Publicidade

Polícia encontra ossada

A ossada encontrada pela polícia está em avançado estado de decompsição e não está descartada a hipótese de que seja de um animal. somente o exame realizado no Instituto Médico Legal (IML) vai detalhar se a ossada é de um dos três meninos desaparecidos no dia 27 de dezembro, quando saíram de casa para brincar.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!