in

Menino desenvolve doença rara que deixa a língua amarela; sintomas são comuns e podem passar despercebidos

Após apresentar dores de garganta e urina escurecida, menino de 12 anos foi levado ao hospital.

Foto: Reprodução/The New England Journal of Medicine

Um menino de 12 anos foi levado ao hospital após sentir sintomas comuns como dor de garganta. Ao chegar no Hospital for Sick Children, em Toronto, a criança foi submetida a exames e diagnosticado com uma rara doença autoimune. Além de sintomas comuns em muitas doenças, o menino apresentava urina escurecida e uma amarelamento na língua.

Publicidade

A rara doença é uma espécie de icterícia, condição que causa um aspecto amarelado na pele e nos olhos devido à morte de hemácias. No caso do menino canadense, a condição foi agravada pelo vírus Epstein–Barr, da família da herpes. A cor amarelada presente na língua acontece devido ao acúmulo de bilirrubina com a morte das hemácias.

Como alguns sintomas desta síndrome são bastante comuns, um diagnóstico adequado só pode ser fechado com a realização de exames específicos. Existem uma séria de doenças autoimunes, que ocorrem quando o sistema imune do indivíduo deixa de reconhecer algumas estruturas do corpo.

Publicidade

O menino canadense de 12 anos teve uma deficiência temporária da resposta imune devido ao vírus Epstein–Barr. As células responsáveis pela defesa do corpo acabaram reconhecendo as hemácias como corpos estranhos, realizando o processo de destruição. A criança precisou ficar internada por alguns dias para realizar o tratamento à base de transfusões de sangue.

Publicidade

Os médicos também prescreveram imunossupressores como esteróides. Após o período de internação e algumas semanas de tratamento, a criança se recuperou da infecção viral e retomou o aspecto natural na língua, retomando à cor rosada.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade