in

3 meninos morrem após comer ovos de sapo venenoso em plantação de bananeira; todo cuidado é pouco

Até o momento, as identidades das vítimas do incidente não foram informadas.

RRP Peru/Montagem

Certos alimentos, por mais que considerados estranhos no Brasil, são extremamente comuns em outros locais. Um exemplo são os ovos de rãs, que servem de comida para moradores da comunidade indígena Kusu Numpatkaim, no distrito de El Cenepa, na província de Condorcanqui, na região Amazonas.

Publicidade

Mas infelizmente, devido ao comum uso desses ovos para a alimentação dos indígenas da região, três crianças acabaram perdendo a vida, pois se confundiram ao comer ovos de sapo acreditando que se tratavam de ovos de rã e sofrerem com os efeitos da substância ingerida.

Além das vítimas fatais, outras três crianças também se alimentaram dos ovos de sapo. Elas foram encaminhadas para uma unidade de saúde de Kusu Numpatkaim, onde passaram a receber os devidos cuidados médicos. Até o fechamento desta matéria, as identidades dos garotos não havia sido trazida a público pelos veículos de comunicação do lugar.

Publicidade

De acordo com o que tem informado a mídia local desde o anúncio das mortes, os meninos estavam explorando as poças de água na região da plantação de bananas e encontraram os ovos, que pensavam ser de rãs. Acredita-se que os sapos que os puseram eram venenosos, o que teria provocado os óbitos.

Publicidade

Os meninos que faleceram tinha idades entre 9 e 10 anos. Os corpos foram velados nesta semana na comunidade. Os nativos fizeram uma espécie de vaquinha para juntar dinheiro para as famílias das vítimas do terrível incidente. Ainda de acordo com a mídia local, os garotos que conseguiram sobreviver ainda permanecem internados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.