in

Policiais não encontram suspeitos nas gravações do prédio de Joice Hasselmann

Os agentes analisaram as câmeras de segurança do prédio da parlamentar, contudo, não encontraram pessoas suspeitas.

Reprodução: SBT

Até a noite da segunda-feira, 26, os agentes da Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados, que estão investigando o caso da deputada federal Joice Hasselmann (PSL), não encontraram pessoas estranhas entrando no prédio onde a parlamentar mora em Brasília. As informações foram divulgadas pelo colunista Lauro Jardim, do O Globo, nesta terça-feira, 27.

Publicidade

De acordo com as imagens gravadas pelas câmeras de segurança, os peritos não identificaram nenhuma anormalidade. A deputada federal mora em um apartamento funcional localizado no 6º andar do edifício.

Os agentes analisaram as gravações de domingo, 18, quando aconteceu o episódio, que resultou em cinco fraturas no rosto da parlamentar e uma na costela, e ainda as imagens de dias anteriores e posteriores ao ocorrido.

Publicidade

Ainda de acordo com informações divulgadas pelo jornalista, está previsto que a Polícia Legislativa divulgue um laudo do fato nesta terça ou quarta-feira, 28. Na segunda-feira, Joice Hasselmann prestou depoimento e também realizou o exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal). Por diversas vezes, a parlamentar disse suspeitar que ela tenha sido vítima de um “atentado”.

Publicidade

Depois que a deputada divulgou o caso nas suas redes sociais, alguns internautas chegaram a suspeitar de que a parlamentar tivesse sido agredida pelo marido, o neurocirurgião Daniel França. No entanto, Joice concedeu uma entrevista ao lado do companheiro, onde ele negou que tenha agredido a deputada. “Eu nunca agredi ninguém”, disse Daniel. Joice também defendeu o médico dizendo que irá processar quem acusá-lo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade