in

Covid-19: DF começa a vacinar adultos com 35 anos na quinta-feira

Serão 43 mil doses para primeira dose.

© Geovana Albuquerque/Agência Saúde

O governo do Distrito Federal informou hoje (26) que iniciará a vacinação contra covid-19 de adultos a partir de 35 anos na quinta-feira (29). A Secretaria de Saúde receberá 43 mil doses para aplicação da primeira dose. Já para a segunda dose, serão disponibilizadas 122 mil doses.

Publicidade

Amanhã (27) será feita antecipação de vacinação de professores, enquanto de quinta-feira a sábado haverá uma repescagem da categoria. No DF, parte dos docentes recebeu doses do imunizante da Janssen, de dose única, para antecipar a conclusão do ciclo vacinal diante da retomada das aulas no 2º semestre.

O Distrito Federal ingressou com ação no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para ter direito a uma quantidade suplementar de imunizantes, de 250 mil doses. O GDF argumenta que recebeu menos do que deveria e que imunizou pessoas de outros estados.

Publicidade

“A expectativa que o Ministério da Saúde tinha era muito aquém do que precisava. O que ocorreu foi uma vacinação maior do que a prevista pelo ministério”, afirmou o secretário da Casa Civil do DF, Gustavo Rocha.

Publicidade

Até o momento, o Ministério da Saúde repassou 2.027.800 doses do Distrito Federal.

Publicidade

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, destacou que há um lote grande separado para a segunda dose e pediu que as pessoas concluam o ciclo vacinal. “As pessoas que têm, na sua carteirinha, a data desta semana não deixem de ir”, recomendou.

Mutirão

No último fim de semana, o DF fez um mutirão para imunização de maiores de 37 anos. Foram vacinadas 138,8 mil pessoas, sendo 112,6 mil com a primeira dose e o restante com a segunda dose ou dose única. Até a semana anterior, a vacinação no DF era feita por meio de agendamento pela internet. Depois de inúmeras críticas relativas à instabilidade do site e à falta de vagas, o governo resolveu adotar um novo procedimento: basta ir a um posto de saúde com um documento de identificação que comprove a idade para que o cidadão seja vacinado.

Variante delta

Os gestores do DF voltaram a citar a preocupação com a variante delta do novo coronavírus. Segundo Osnei Okumoto, até o momento, há 45 casos confirmados da variante e a capital já está com transmissão comunitária, quando não é mais possível mapear o primeiro caso.

Foram registrados casos no Hospital de Apoio montado para atender pacientes com covid-19, inclusive em trabalhadores de saúde na unidade. “Uma suspeita é que poderia ter sido visitas. Mas não há confirmação. É um início de investigação”, disse o secretário de Saúde.


Publicado em 26/07/2021 – 17:31 Por Jonas Valente – Repórter Agência Brasil – Brasília


Edição: Lílian Beraldo

Publicidade
Publicidade

Escrito por Agência Brasil

Agência pública de notícias da EBC. Informações sobre política, economia, educação, direitos humanos e outros assuntos.