in

Vídeo: Bolsonaro afirma que vai vetar apenas excedente do Fundão; R$ 4 bilhões serão aprovados

Presidente deu declaração em conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada.

Reprodução Twitter Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) conversou com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, nesta segunda-feira (26), e voltou a falar sobre o fundo Eleitoral. O Fundão virou assunto nos últimos dias após a Câmara aprovar texto que permite que o valor chegue a R$ 5,7 bilhões em 2022.

Publicidade

Um apoiador do presidente, empolgado, parabenizou Bolsonaro por “vetar os R$ 6 bilhões do Fundão”. Os demais apoiadores que conversavam com Bolsonaro aplaudiram, mas o presidente tratou logo de explicar que a situação não é bem essa.

Bolsonaro explicou aos apoiadores que o que vai vetar será o excedente do Fundo Eleitoral, de R4 2 bilhões. Neste cenário confirmado por Bolsonaro, o valor do Fundão ainda será de cerca de R$ 4 bilhões. O presidente também afirmou que se vetar o que estar na lei seria incluso em crime de responsabilidade.

Publicidade

Publicidade

Lula ou Ciro no segundo turno

Após afirmar que vetará o excedente do Fundão e não o valor todo, como alguns estavam pensando, Bolsonaro disse que espera não apanhar da imprensa e dos apoiadores. Bolsonaro também afirmou que se for criticado as pessoas terão que escolher Lula e Ciro Gomes nas eleições do ano que vem.

As declarações de Bolsonaro sobre vetar o excedente do Fundão está repercutindo e o presidente está sendo criticado nas redes sociais. Elas vão ao encontro do que ele havia postado no Twitter no dia 20 de julho. “Em respeito ao povo brasileiro, vetarei o aumento do Fundão Eleitoral”, disse o presidente. O Congresso pode derrubar o veto de Bolsonaro.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!