in

Mãe e médico ficam impactados com descoberta durante parto que seria de gêmeos

O médico responsável pelo parto relatou que a surpresa impactou a mãe e todos da equipe.

Foto: Arquivo Pessoal

Uma mulher de 27 anos procurou ajuda médica no Hospital Raimunda Francisca Dinelli da Silva, que fica localizado na cidade de Maués, estado da Amazonas. Ela entrou em trabalho de parto prematuro e acreditava que estava esperando gêmeos, porém durante o nascimento das crianças tanto a mãe quanto a equipe médica se deparou com uma surpresa.

Publicidade

O médico que foi responsável pelo parto, Doutor Alexandre Ribeiro, fez um relato e compartilhou fotografias do parto em suas redes sociais. As imagens ganharam grande repercussão no município. A equipe médica e a mãe aguardavam o nascimento de gêmeos, mas na verdade chegaram três lindas crianças.

“Essa paciente chegou em trabalho de parto prematuro. Ela estava no oitavo mês de gestação. Todo mundo esperava que era uma gestação de gêmeos. Teve uma ultrassom que um colega fez indicando que eram apenas duas crianças. Para a surpresa de toda a equipe e até mesmo para a mãe, na verdade não eram duas. Eram três”, explicou o profissional na rede social.

Publicidade

O médico explicou que apesar da surpresa de mais uma criança, a cesariana do nascimento dos trigêmeos transcorreu sem nenhum tipo de intercorrência. A mãe e os bebês tiveram que ficar hospitalizados por mais dois dias e precisaram ser transferidos para Manaus. A transferência aconteceu porque nenhum município tinha banco de leite. O profissional ressaltou ainda que a população local ficou sensibilizada e fez muitas doações para a família.

Publicidade

A mulher que deu à luz aos três bebês já havia perdido um filho por complicações em outra gravidez. Alexandre Ribeiro relembrou que ela perdeu uma criança anteriormente após ter tido complicações no parto em 2020. A criança chegou a nascer, mas infelizmente não sobreviveu.

Publicidade

O nascimento das crianças foi o primeiro parto de trigêmeos feito no Hospital Raimunda Francisca Dinelli da Silva, desde a sua inauguração que ocorreu há 11 anos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade