in

‘A vacina foi oferecida para mim, mas fui arrogante’; alerta professor que desenvolveu forma grave da Covid-19

Um hospital da Inglaterra está vendo o número de pacientes em tratamento de Covid-19 voltar a subir de forma drástica.

G1

Um professor que desenvolveu a forma grave da Covid-19 fez um desabafo sobre ter rejeitado a vacina contra o vírus. “A vacina foi oferecida para mim, mas fui arrogante”, contou Faisal Bashir, um home de 54 anos com porte atlético. Ele disse que realizava todas as suas atividades normalmente.

Publicidade

Faisal frequentava academia, fazia suas caminhadas e corria. Por se considerar uma pessoa saudável e forte, acreditou que não precisava ser imunizado. Ele ainda ressaltou que, caso o imunizante não fosse seguro, não correria nenhum tipo de risco. Após ter ficado internado durante uma semana, recebendo suplementação de oxigênio, Bashir quer alertar para que outras pessoas não cometam o mesmo erro.

O homem estava hospitalizado no Bradford Royal Infirmary, no Reino Unido. O hospital, que fica localizado no norte da Inglaterra, tem visto o número de pacientes contaminados com Covid-19 voltar a subir de forma drástica. Aproximadamente metade dos contaminados são pessoas que preferiram não se vacinar, explica John Wright, que é epidemiologista e comanda o Instituto de Bradford.

Publicidade

O profissional ressaltou ainda que muitos desses pacientes têm lamentado não ter tomado a vacina. A variante Delta tem se espalhado e feito os casos de Covid voltarem a subir novamente. Ainda conforme o especialista, os pacientes têm menos idade do que as ondas anteriores. O professor de 60 anos, Abderrahmane Fadil, também lamentou a própria atitude de não ter se imunizado. Ele acabou ficando internado na UTI – Unidade de Terapia Intensiva – por nove dias, por causa da doença.

Publicidade

O docente disse que a esposa tomou a vacina, mas ele ficou relutante, e isso por pouco não lhe custou a vida. Para todos aqueles que optaram não receber o imunizante, parar no hospital com a forma grave do vírus é um grande alerta para as implicações fatais de fake news sobre a Covid e os imunizantes.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade