in

Bebê que perdeu o braço após ataque de jacaré se recupera e pais celebram milagre: ‘estava sangrando muito’

Menino recebeu alta ontem (8), após ficar 15 dias internado em um hospital de urgências, na capital goiana.

G1

Depois da turbulência, a calmaria, e um “final feliz”. Essa foi a sequência de sentimentos que a família do pequeno Hudson Filho, de 1 ano e 8 meses, passou após ele ser atacado por um jacaré no lago de um parque tradicional na cidade de Porangatu, situada no Norte de Goiás. 

Publicidade

O garotinho acabou perdendo o antebraço direito por conta dos ferimentos. Após muito desespero, incertezas e o medo de perder o menino, a família agora comemora o simples e grande fato de poder abraçá-lo novamente. 

“É inexplicável [ele ter sobrevivido], porque ele estava sangrando muito. […] Eu falei: ‘Meu Deus, pode levar o bracinho dele, mas deixa ele'”, disse a mãe de Hudson, Valdelice Andrade, em entrevista ao portal G1.

Publicidade

O ataque

O caso ocorreu no último dia 23 de junho, na Lagoa Grande. Segundo informações de Valdelice, que mora em frente ao parque, a babá foi com o bebê para o local, e cerca de 15 minutos, a funcionária retornou desesperada com a criança nos braços. 

Publicidade

“Ela falou que estava sentada com ele quando viu um vulto de alguma coisa e, quando olhou, o bracinho dele já estava machucado. O primeiro gesto dela foi pegar a criança”, contou a mãe do bebê.

Publicidade

Hudson Filho foi prontamente levado para uma unidade hospitalar, e posteriormente transferido para o Hugol, em Goiânia. No hospital de urgência, ele teve que ser submetido a um procedimento cirúrgico, para amputação do antebraço, após autorização dos pais. 

Depois de mais de duas semanas internado, sendo que a maior parte do tempo foi em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Hudson recebeu alta na última quinta-feira (8). A liberação médica representou muita festa para familiares e amigos, e um grande alívio por ter o garoto de volta com saúde. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade