in

Homem morre após comer comida japonesa e passal mal no MT; caso liga alerta

Corpo do publicitário vai passar por necropsia para a causa morte ser atestada.

G1

Um caso de morte impactou os moradores de Cuiabá, no Mato Grosso, na madrugada da última quinta-feira (8). O publicitário José Roberto Figueiredo, de 47 anos, morreu após ter comido uma refeição da culinária japonesa e passar mal dentro de sua residência.

Publicidade

Segundo familiares, Roberto teria sofrido uma reação alérgica após ter comido camarão. Ele tinha conhecimento da sua alergia, mas não sabia que havia camarão no prato em que estava comendo. Lutador de taekwondo e muay thai, Robertão, como era popularmente conhecido, tinha uma vida bastante ativa. 

Segundo informações repassadas pela família, o publicitário começou a passar mal logo após ter comido o alimento. Na sequência, ele se dirigiu até o banheiro do seu quarto no apartamento. Pessoas presentes na residência relataram ter ouvido um barulho de queda, e por isso tentaram forçar a porta do banheiro.

Publicidade

Sem sucesso, familiares acionaram o segurança do prédio, que arrombou a porta. O homem estava caído no chão e inconsciente. 

Publicidade

Uma equipe do Samu foi acionada, e os socorristas realizaram todos os protocolos de reanimação do publicitário. Roberto apresentava um ferimento na cabeça, que supostamente foi causado por conta da queda. A suspeita inicial é que Roberto tem sofrido um choque anafilático, que segundo especialistas, pode matar em questão de poucos minutos, por conta da reação alérgica. 

Publicidade

Investigações 

Além dos socorristas, a Delegacia da Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) esteve no apartamento, e uma perícia foi realizada no banheiro. Neste princípio de investigações, as autoridades não encontraram vestígios de crime. 

O corpo da vítima foi levado para exames no Instituto Médico Legal (IML) da capital mato-grossense. Funcionário da Seduc de Cuiabá, Roberto foi bastante homenageado nas redes sociais. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade