in

Irmãos professores morrem de Covid e família fica abalada: ‘Duas perdas em menos de um mês’

Professores André Luiz e Alan Kardec morreram vítimas da doença causada pelo coronavírus.

Arquivo pessoal André Luiz

A Covid-19 tem feito vítimas em todo o Brasil. Desde o começo da pandemia, mais de 520 mil brasileiros perderam suas vidas em decorrência da doença causada pelo coronavírus. Em alguns casos, há famílias que perderam mais de um ente querido para a doença.

Publicidade

Nesta quinta-feira (1º), morreu o professor de matemática André Luiz Pedra, de 45 anos. Ele estava internado na unidade de terapia intensiva (UTI) de hospital de Goiânia, capital de Goiás, havia dez dias e não resistiu à doença. A morte mexeu com a família.

A perda de André Luiz já seria difícil de qualquer maneira, mas tornou-se ainda mais porque aconteceu menos de um mês da morte do irmão dele, Alan Kardec Preda (o último nome tem grafia diferente mesmo). Alan Kardec, que era professor de física, morreu de Covid no dia 9 de junho, aos 48 anos.

Publicidade

Publicidade

Família muito abalada com a morte dos irmãos

O colégio Teo, uma das instituições onde André Luiz trabalhava, se manifestou sobre a morte do professor nas redes sociais. André lecionava matemática em escolas como Santo Agostinho, Dinâmico, Agostiniano, Princípios, Fractal e Colégio Estadual João José Coutinho.

Publicidade

Rodrigo Martinez, primo de André, falou em nome de toda a família. “Muito triste. Duas perdas para a família em menos de um mês”, disse ele em entrevista ao G1. André Luiz deixou a esposa, de 42 anos, e dois filhos: um menino de 8 anos e outro de 12. Todos estão muito abalados com a morte em decorrência da Covid. O velório e enterro seguiriam todos os trâmites do período de pandemia.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!