in

Caminhoneiro ligou para pedir ajuda após perder a perna em explosão; ele morreu

Explosão em posto de combustível de Rio Claro deixou dezenas de feridos e um homem morto.

Arquivo pessoal Jovino / Reprodução EPTV

Jovino Rocha de Andrade, de 51 anos, morava na cidade de Conchal, interior de São Paulo, e tinha uma transportadora com quatro caminhões. Ontem à noite, o homem se preparava para viajar ao Rio de Janeiro e foi abastecer dois caminhões em posto de combustível de Rio Claro.

Publicidade

Jovino estava acompanhado da esposa grávida e de outro motorista. Enquanto eles aguardavam, o caminhoneiro viu um caminhão chegando ao posto com os pneus pegando fogo. O veículo transportava produtos químicos altamente inflamáveis. Jovino correu para ajudar a apagar o fogo. Foi neste momento que houve a explosão.

Diversos vídeos que circulam nas redes sociais (assista abaixo) mostram a forte explosão ocorrida no posto de combustível localizado na Rodovia Washington Luís (SP-230). Assim que bateu na porta do caminhão que tinha os pneus em chama, Jovino foi vítima da explosão.

Publicidade

Publicidade

Caminhoneiro perdeu a perna e morreu após explosão

Jovino Rocha de Andrade perdeu uma das pernas na explosão. O amigo e funcionário José Antonio de Aquino contou detalhes em entrevista à Rádio CBN de São Carlos.“O vácuo jogou ele debaixo do caminhão. Ele ligou para a esposa do amigo que estava com ele e falou: ‘perdi uma perna, preciso de ajuda’. Ela visou o marido, que chamou o Resgate”, afirmou.

Publicidade

Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram ao local. No total, 22 pessoas ficaram feridas. Jovino e mais uma pessoa estavam em estado grave. O caminhoneiro passou por cirurgia na Santa Casa, mas a morte foi confirmada durante a madrugada.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!