in

Cidade do Rio antecipa calendário de vacinação contra a Covid-19

Serão vacinadas na capital fluminense pessoas de 42 a 37 anos.

© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A Secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro antecipará, ao longo das duas próximas semanas, o calendário de vacinação da primeira dose da vacina contra a covid-19. Serão vacinadas na capital fluminense pessoas de 42 a 37 anos, seguindo o escalonamento etário. As datas foram definidas com base na previsão de chegada de novas doses.

Publicidade

“Bora acelerar! Calendário das próximas duas semanas na cidade do Rio! As pessoas de 37 anos estavam previstas para 4 de agosto pelo calendário anterior. Aqui chegou vacina, a gente manda no braço!”, escreveu o prefeito do Rio, Eduardo Paes, no Twitter.

Na próxima segunda-feira (5), será a vez das mulheres de 42 anos e, na terça-feira (6), os homens de 42 anos. Na quarta-feira (7), serão vacinadas as mulheres de 41 anos pela manhã e os homens de 41 anos à tarde. Na quinta-feira (8), serão imunizadas mulheres de 40 anos, e, na sexta-feira (9), os homens de 40 anos. No sábado (10), ocorrerá a repescagem para quem tem mais de 40 anos.

Publicidade

Na semana entre os dias 12 e 17 de julho, serão imunizados os que têm entre 39 e 37 anos.

Publicidade

Segundo a prefeitura, a cidade do Rio passou da marca de 1 milhão de cariocas com o esquema vacinal completo, ou seja, que já receberam as duas doses ou a aplicação única da vacina contra a covid-19. Além disso, 3 milhões já foram imunizados com a primeira dose.

Publicidade

“Bora acelerar! Calendário das próximas duas semanas na cidade do Rio! As pessoas de 37 anos estavam previstas para 4 de agosto pelo calendário anterior. Aqui chegou vacina, a gente manda no braço!”, disse um internauta.


Publicado em 01/07/2021 – 10:22 Por Ana Cristina Campos – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro


Edição: Valéria Aguiar

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Agência Brasil

Agência pública de notícias da EBC. Informações sobre política, economia, educação, direitos humanos e outros assuntos.