in

Jair Bolsonaro comenta morte do serial killer Lázaro Barbosa: ‘CPF cancelado’

O presidente enalteceu o trabalho da polícia de Goiânia na captura do criminoso.

G1 | Metrópoles | Montagem Ingrid Machado

Nesta segunda-feira (28), o serial killer Lázaro Barbosa foi morto pela polícia de Goiânia após trocar tiros com os agentes. O criminoso estava sendo procurado há cerca de 20 dias por diversos assassinatos no DF e em Goiás. O presidente Jair Bolsonaro já havia usado as redes sociais para afirmar que a polícia logo chegaria ao desfecho do caso.

Publicidade

Após a confirmação da morte de Lázaro nesta segunda (28), o presidente novamente usou as redes sociais para se manifestar sobre o caso. De acordo com o site Metrópoles, Jair Bolsonaro participou do lançamento do Plano Safra do Banco do Brasil 2021/2022, e, após o evento, comentou a prisão do criminoso.

O presidente enalteceu o trabalho da polícia de Goiânia e afirmou que a população da região voltaria a ter tranquilidade, já que Lázaro estaria barbarizando moradores locais com assassinatos e humilhações. Nos comentários da publicação, Jair Bolsonaro recebeu mensagens de apoio de seguidores.

Publicidade

Lázaro: CPF cancelado“, escreveu o presidente que completou: “Parabéns aos heróis da PM-GO por darem fim ao terror praticado pelo marginal Lazaro, que humilhou e assassinou homens e mulheres a sangue frio. O Brasil agradece! Menos um para amedrontar as famílias de bem.  Suas vítimas, sim, não tiveram uma segunda chance“.

Publicidade

O governador de Goiânia, Ronaldo Caiado, já havia confirmado a captura de Lázaro mais cedo. Momentos após, retificou a informação e disse que o criminoso acabou sendo alvejado ao atirar contra policias e negar se render aos agentes em uma região de mata.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade