in

Segunda morte pela variante Delta é confirmada pelo Ministério da Saúde

Ministério da Saúde confirmou o segundo caso de óbito devido à variante Delta no Brasil.

Reprodução/UOL

Neste domingo (27) foi confirmado pelo Ministério da Saúde a segunda morte causada pela variante Delta no Brasil. A vítima acometida pela variante do coronavirus foi um homem indiano de 54 anos de idade que era um tripulante de um navio chinês atracado no Maranhão.

Publicidade

Primeiro óbito da variante Delta

O primeiro falecimento ocorrido pela variante Delta ocorreu há mais de dois meses no estado do Paraná, no dia 18 de abril. A vítima se tratava de uma gestante de 42 anos e o óbito veio acontecer após a necessidade de realizar uma cesárea de emergência.

A criança, com 28 semanas de gestação, sobreviveu ao procedimento de emergência e testou negativo para o coronavirus. A vítima morava no Japão, porém estava de passagem pelo Brasil e foi o primeiro caso confirmado da variante indiana.

Publicidade

Segundo óbito da variante Delta

O segundo óbito registrado pelo Ministério da Saúde foi confirmado neste domingo (28). Se trata de um tripulante de um navio chinês chamado MVS Shandong da ZMI. A embarcação estava ancorada a aproximadamente 50 quilômetros das praias do estado do Maranhão.

Publicidade

O paciente chegou a ficar internado em um hospital de São Luís por 43 dias e não resistiu à cepa descoberta na Índia e que vem se espalhando pelo mundo. O homem morreu em 18 de abril e só neste domingo foi confirmado o contágio da variante pelo Ministério da Saúde.

Publicidade

A vítima era indiana e enquanto ainda estava na embarcação começou a sentir os sintomas da doença no dia 13 de maio. Outros cinco tripulantes do navio se contaminaram, mas não tiveram sintomas graves detectados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade