in

Enxaqueca x dor de cabeça: conheça diferenças, tipos de tratamento e o impacto dos fatores emocionais

Muitas pessoas acham que se trata da mesma coisa, mas as doenças tem sintomas diferentes.

Insituto Neurociência/G1

Dor de cabeça e enxaqueca são doenças distintas e muitas pessoas não conseguem diferenciar uma da outra. A enxaqueca é sexta doença crônica que mais incapacita as pessoas. Algumas crises podem durar 15 dias ou mais. Não sabe o motivo, mas as mulheres são as mais atingidas pelo problema.

Publicidade

A dor de cabeça é a nomenclatura genérica para qualquer tipo de cefaleia, ou seja, a enxaqueca é um tipo de dor de cabeça, porém não é o único. O especialista no assunto, o médico Antonio Cezar Galvão, disse que dois fatores principais estão relacionados a progressão da enxaqueca: medicamento em excesso para aliviar a dor e problemas emocionais, como depressão e ansiedade. O médico ressalta que a enxaqueca também tem componentes genético, hereditários que precisam de atenção.

Enxaqueca tem gatilhos que variam de pessoa para pessoa. No geral, fatores como insônia, falta de ingestão de água, alimentação que não seja saudável, mudanças na rotina podem desencadear a condição favorecendo as crises. A condição pode se manifestar com outros sintomas, como: náusea, vômito, sensibilidade ao som, cheiro, toque e a luz, distúrbios visuais e até mesmo formigamento ou dormência nas extremidades da face.

Publicidade

Já a cefaleia tensional se distingue da enxaqueca não somente pelo local em que a dor é concentrada, mas também pela frequência em que ocorre. Neste tipo, o indivíduo costuma sentir dor de intensidade moderada a fraca podendo acometer os dois lados da cabeça. O paciente costuma assemelhar com a sensação de aperto ou pressão.

Publicidade

Tratamentos

Atualmente, os especialistas recomendam aos pacientes três tipos de tratamento para as pessoas que tem dor de cabeça crônica. Existe o tratamento com botox, preventivo e com uso de anticorpos monoclonais. O tratamento preventivo é realizado remédios e mudança no estilo de vida.

Publicidade

A aplicação de botox é feita no nervo trigêmeo para evitar sua ação que libera os neurotransmissores que estão relacionados com a dor. O tratamento tem um custo alto e a injeção é aplicada uma vez ao mês. O tratamento com anticorpos monoclonais são medicamentos feitos especificamente para o tratar a enxaqueca de forma preventiva.

Publicidade