in

5 sintomas de câncer no pâncreas que jamais devem ser ignorados

É importante estar atento aos sinais que o corpo dá quando alguma coisa não vai bem no organismo.

Revista Saúde

O pâncreas é uma glândula que está  entre estômago e coluna vertebral. O órgão é extremamente essencial para a saúde humana, participando do processo de metabolismo do organismo produzindo sucos que são necessários para o processo de digestão.

Publicidade

O órgão pode ser atacado por células malignas, e causar o câncer exócrino. A maior incidência desse tipo de tumor maligno ocorre na população masculina, entretanto, mulheres também podem ser acometidas pela enfermidade. Geralmente, ele costuma ocorrer em pessoas com idade mais avançada.

Seu surgimento não possui um fator específico, mas algumas variáveis podem ser levadas em consideração como o consumo de tabaco, o uso de álcool, genética, entre outros fatores. Seus sinais de forma precoce podem ser identificados no organismo. Portanto, fique atento aos sinais e procure ajuda médica ao perceber alguns desses indícios.

Publicidade

Dor abdominal leve

Uma das características é a persistência da dor abdominal que pode dar uma sensação de alívio ao se se inclinar para frente. Outro incomodo que pode ser citado é a forma que os níveis de intensidades de dor ou desconforto se manifestam até as costas.

Publicidade

Problema digestório

Esse é um dos mais difíceis a serem apresentados no câncer de pâncreas, até porque pode ser sinal de várias doenças. Mas, em alguns casos a pessoa pode apresentar prisão de ventre, gases, inflamação e dores.

Publicidade

Pele amarelada

A mudança de coloração da pele pode se originar devido ao aumento de bilirrubina presente no sangue. Além do tom amarelado na pele dos pacientes, eles também podem apresentar coceira na região das mãos e pés.

Perda de peso de forma repentina

A perda de peso de forma rápida e repentina causada por esse tipo de câncer. Por isso, é importante investigar a relação, já que esse é um sinal de câncer ou de outras possíveis doenças crônicas.

Alterações nas fezes

O câncer interfere nas enzimas digestivas onde é muito comum que ocorra uma série de mudanças nas fezes. A digestão pode ser mais difícil e os resíduos se apresentam mais duros e difíceis de serem eliminados. Também podem ser observados possíveis sangramentos.

Publicidade