in

Íngua pode ser sinal de doença? O que é, como acontece, quais partes do corpo aparece e quando se preocupar

Entenda melhor o que são as inguás, como são formadas e o significado em cada local que surge.

Dica OnLine

As ínguas, termo popular que foi repassado pelas gerações, é o o aumento de gânglios linfáticos ou de linfonodos, que são pequenas glândulas presente no corpo humano que possuem a responsabilidade de filtrar a linfa, ou seja, recolhem vírus, bactérias e outros intrusos que podem gerar no organismo doenças. Toda essa absorção é eliminada pelos linfócitos, que são as células de defesa do corpo humano.

Publicidade

Os gânglios são importantes no organismo pois são através deles que o sistema do corpo humano possui a chamada imunidade, responsável na prevenção do combate de doenças, como resfriados, amigdalites, gripes ou otites.

Mas, ao ocorrer este aumento dos gânglios a manifestação no corpo humano pode-se dar através de caroços visíveis que surgem geralmente em áreas como virilha, axila ou pescoço. O inchamento fica de forma aparente em partes de fora do corpo humano.

Publicidade

De que forma se originam as chamadas ínguas?

A linfa, que é um líquido presente na circulação do sistema linfático, tem como função no organismo levar células de defesa e drenar em várias partes do corpo humano os linfonodos em toda sua extensão e localização. Os linfonodos mencionados contêm, em seu interior, linfócitos que são as principais células de defesa do organismo, sendo elas responsáveis no combate do invasor quando o sistema imunológico informa que ocorreu a entrada de uma bactéria ou vírus.

Publicidade

Então quando ocorre esta entrada de seres invasores no organismo, há um aumento no tamanho de linfonodos, já que os chamados linfócitos (células de defesa), estão mais ativos ao lidar com processos de inflamação ou infecção no corpo.

Publicidade

Este processo chama-se na medicina de linfonodomegalia, onde em situações normais depois que ocorre a liberação da doença do sistema linfático, os linfonodos podem levar cerca de um mês para retornar ao seu tamanho de origem, que é “menor que 1 centímetro de diâmetro”. Isso quer dizer que na maioria dos casos não é necessário se preocupar.

O que possivelmente indica a íngua em diferente parte do corpo humano?

  • Pescoço: nessa região a íngua pode ser um sinal de infecção na garganta, resfriado ou amigdalite;
  • Orelha: pode ser conjuntivite, alguma infecção viral ou mesmo que seja formada no couro cabeludo;
  • Virilha: algum ferimento, lesões nas pernas até mesmo uma doença transmitida por relação íntima;
  • Axila: lesões nas mãos, braços ou mamas;
  • Cotovelo: alguma infecção com origem nas mãos;
  • Cervical e mandíbula: infecção viral, de origem bucal e dentárias.

Apesar de apresentar estas possíveis causas das ínguas, é importante mencionar que, caso o problema persista, é importante buscar ajuda de um médico.

Publicidade