in

Morte de casal em apartamento do RJ deixa familiares impactados; publicação da mulher comove

Filho de Ulysses Pourchet e Janaína Pourchet encontrou pais caídos com ferimento de arma de fogo.

G1

A Polícia Civil do Rio de Janeiro segue mergulhada nas investigações acerca do caso de morte de um casal, ocorrido na última quinta-feira (24), em um apartamento no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste. A principal linha de investigação das autoridades é feminicídio seguido de suicídio.

Publicidade

Logo após encontrar os corpos dos pais, Ulysses Carlos Pourchet, de 45 anos, e Janaína Pourchet, de 44 anos, caídos no interior do apartamento com marca de tiros na cabeça, o adolescente, filho do casal, de 12 anos, acionou uma equipe do Corpo de Bombeiros. Mas as vítimas não resistiram. 

O fato caiu como “uma bomba” para os familiares do casal, que se mostraram impactados, uma vez que Ulysses e Janaína aparentavam ter uma união estável, sem maiores intercorrências. Os dois eram casados há 15 anos. 

Publicidade

“Foi um susto. Era um casamento estável, com fotos nas redes sociais mostrando que estava tudo bem”, disse a cunhada da Janaína, Letícia Souza.

Publicidade

Apuração 

O caso está sob responsabilidade da Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro, que está tentando apurar se Ulysses, que era policial, matou a esposa, e na sequência tirou a própria vida. 

Publicidade

O filho do casal já prestou depoimento à polícia. Testemunhas relataram que o menino também pediu ajuda aos vizinhos para socorrer os pais. Na oitiva, ele relatou ter ouvido o casal brigar, e pouco depois ouviu disparos.

Publicação 

A última publicação de Janaína nas redes sociais foi resgatada e vem causando forte comoção entre amigos, familiares e pessoas que tomaram conhecimento do caso. No post feito no Instagram, ela divulgou um print de conversa com o seu filho, e fez uma declaração de amor do adolescente. “Eu e que agradeço!!! Eu agradeço!!! Te amo infinito“, afirmou a administradora de empresas.

Publicidade
Publicidade